segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Doce Infância

Quando éramos jovens
tudo era mais doce.
Nas brigas, não existia ódio.
No amor, não havia malicia.

Quando éramos jovens
o mundo parecia ter mais cor,
tudo tinha mais sabor
e ninguém pensava na dor.

Quando se é criança
o mundo parece ser tão belo,
o sol mais amarelo
e qualquer lugar, imensidão.
Pois o mundo pra nós era alí
e nenhum problema iria surgir...
Tudo se resolvia com um sorriso.

Aonde se perdeu tudo isso?

Só me responda
se ainda és meu amigo...
Para onde vão as coisas belas
depois que a gente cresce?

10 comentários:

  1. Muito lindo o poema!
    E realmente, há verdade nelas!
    Parece que tudo fica um pouco cinza quando se deixa de ser criança

    ResponderExcluir
  2. muito bonito! vc escreve muito bem

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. nossa, peeerfeito *-*
    tem tudo pra se dar bem :DD

    ResponderExcluir
  5. Cara você escreve muito bem! Muito perfeito! Adorei! To seguindo :D

    ResponderExcluir
  6. ''Para onde vão as coisas belas
    depois que a gente cresce? ''

    Me pergunto isto todo santo dia...
    rs, amei o texto. Muito bom mesmo.
    beijos e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  7. Isa você é um poço de inteligencia em pessoa , uma das pessoas mais inteligentes que eu conheci ate agora , você vai longe amiga , mt sucesso *______________*

    ResponderExcluir
  8. ''Para onde vão as coisas belas
    depois que a gente cresce? ''

    Continuam nos mesmos lugares, somos nós que as vemos com outros olhos.

    muito belo poema, parabens!

    ResponderExcluir
  9. Se tem uma coisa que eu sempre me perguntei, é onde está a felicidade da infância? Felizmente eu tenho um pedaço dela muito viva ainda dentro de mim, mas no meio de tanta tristeza do mundo,que nos obriga a ser "adultos" dá uma vontade de ser Peter Pan!

    ResponderExcluir